17 de maio de 2011

[Sevilla, ES] Que no veas que way, miarma

"Mirala cara a cara 
Que es la primera"

Sevilla é uma graça. Basta algumas horas contemplando os monumentos da cidade para se encantar. O clima é especialmente convidativo para brasilienses que não curtem congelar durante o inverno espanhol. Dizem que no verão é insuportável, graças às temperaturas médias entre 40º e 50º C, no melhor estilo estufa. Quando passei por lá tava ó-te-mo. E sim, me apaixonei.
Para comer:
Serranito é o esquema. Como é um sanduba sevillano, só procurar por um lugar que o tenha. Comi no El Serranito e aprovei ó.

Para ver:
 
- La Plaza de la Constituición

- Catedral: a parada é gigantesca e mais velha que meu país de origem. É o tipo de construção que faz você ter certeza que não ter televisão antigamente era positivo. Os bichos tiveram muito tempo pra fazer muito bem cada detalhezinho das milhares de janelas e colunas e paredes e tetos e tudo em obras como essa. Grandiosa por fora e por dentro. Tenho um pouco de medo das figurinhas em excesso em templos religiosos, mas isso aê vale a pena entrar pra ver.

 





- Plaza de España: definitivamente um dos cantinhos mais bonitos que já conheci pessoalmente na vida. Certeza que os amigos mais nerds reconhecerão o cenário...

 ... e, na real, é foda. Difícil de descrever... vamos de imagens e já está, né?









família Madrid <3



Claro que eu tentei gravar um esquema comigo inserida nesse visual, mas fui tapada o suficiente pra não verificar se o REC tava pressionado (¬¬). Para compensar a falta desse vídeo específico, rolou Sevilla in Street Concert, do maluco que tocava violão e gaita, acompanhado por Simpsons aos pés. Mola mucho.



Próxima parada: Toledo. \o/

Nenhum comentário: